Noticias relacionadas a febre amarela

PAÍSES QUE EXIGEM VACINA CONTRA A FEBRE AMARELA

 Constatação de aumento de casos de febre amarela faz diversos países exigirem atestado de vacinação de brasileiros e de viajantes que tenham permanecido por aqui por mais de doze horas.

A febre amarela tem causado transtorno até mesmo para quem não contraiu a doença. Diversos países passaram a requerer o chamado Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia – CIVP para autorizar entrada de brasileiros com mais de nove meses de idade em seus territórios.

E não só: pessoas que estiveram em nosso país por mais de doze horas também precisam apresentar o documento.

 DÚVIDAS FREQUENTE SOBRE A VACINA DA FEBRE AMARELA:

 O que é CIVP?

A sigla significa Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia. Trata-se de documento que comprova que o viajante foi vacinado contra muitas doenças, especialmente a febre amarela que tem dado origem à preocupação geral.

 Onde apanho o meu?

As unidades do Centro de Orientação para Saúde do Viajante – Cosv, órgão da Anvisa para serviços diversos credenciados de orientação aos viajantes sobre cuidados com a saúde. E ainda é possível emitir o documento em unidades do SUS credenciadas e redes de clínicas particulares devidamente autorizadas.

 Sou portador de outras profilaxias:

Em relação ao Brasil, é exigido atualmente apenas o atestado contra febre amarela por conta de notícias de surto dessa doença no país.

 Os Cosvs também vacinam?

Não. O órgão apenas emite o certificado.

 Quanto pago pelo CIVP?

Não há custos.

 Um parente pode ir no meu lugar?

Impossível. Trata-se de documento internacional. Portanto, o Cosv precisa reconhecer a igualdade de assinaturas no CIVP e no passaporte.

 A vacina me faz mal?

Quando a vacina não é indicada por algum motivo, o viajante deve requerer atestado de isenção de vacinação. Qualquer médico pode emiti-lo (rubricando e carimbando) a partir do modelo de atestado de isenção.

 Tomei a vacina há anos?

A vacina contra febre amarela, especificamente, tem validade para toda a vida. Neste caso, pode-se apresentar o cartão de controle de vacinação. Lembre-se de que é necessário comprovar a vacinação.

 Meu filho também precisa do CIVP?

Sim. Qualquer brasileiro com mais de 09 meses de vida precisa do documento para entrar nos países que exigem comprovação de vacinação contra febre amarela. Entretanto, não é necessária presença de menores de 18 anos no Cosv, desde que a solicitação do CIVP seja feita por pais ou responsáveis.

 Quais documentos devo apresentar?

Para emissão do CIVP, é necessário portar qualquer documento original que tenha foto (RG, passaporte, CNH etc.); para menores, Certidão de Nascimento juntamente com a documentação dos pais. Além disso, é preciso também apresentar o cartão de controle de vacinação que demonstre, no caso, aplicação de vacina contra febre amarela ou o atestado médico de isenção de vacinação.

 Perdi meu CIVP:

Vá à unidade de saúde em que tomou a vacina contra febre amarela e solicite a segunda vida. Depois, dirija-se ao Cosv para emissão gratuita do segundo.

 Não estou no Brasil e vou para um país exigente:

Procure o Consulado no país em que está. Você vai receber orientação adequada. Vai precisar apresentar documentos pessoais com foto e o cartão de controle de vacinação em que conste vacina contra febre amarela.

Compartilhe